Estação Cabo Branco - Ciência Cultura & Artes


Aulas de Tai Chi Chuan acontecerão gratuitamente duas vezes por mês na Estação Cabo Branco

13 de novembro de 2019

A partir deste mês de novembro, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, as aulas de Tai Chi Chuan, que antes aconteciam no último sábado de cada mês, agora acontecerão em dois sábados, todos os meses. As datas já foram pré-definidas: 16 e 30 de novembro. Há três anos sendo ministrada na casa, a prática tem atraído diversas pessoas que se interessam pela arte marcial. As datas das aulas serão pré-definidas todos os meses pelo setor de Gestão Educacional da Estação Cabo Branco e divulgadas junto com a programação mensal.

O Tai Chi Chuan é uma arte marcial terapêutica, de origem chinesa, que trabalha a meditação e o movimento. Trata-se de um trabalho que envolve respiração, balanço corporal e vários aspectos do corpo humano, além de também ajudar no aspecto psicológico.

Os ministrantes das aulas serão os professores Ruan Cabral e Pedro Paulo, que são instruídos por um mestre de Tai Chi Chuan há mais de três anos. Segundo os professores, esta prática é muito recomendada para pessoas que sofrem com problemas de ansiedade e têm dificuldades em lidar com determinadas situações do cotidiano. O Tai Chi Chuan também ajuda na concentração, além de prevenir e combater aspectos da depressão. É um trabalho que exige muito sobre o autoconhecimento, se tornando uma terapia fantástica irrigada pela filosofia marcial.

“Muitas das vezes, a filosofia da arte marcial é confundida apenas com combate e brigas, e na realidade não é bem assim. O Tai Chi Chuan é considerada uma arte marcial interna. A arte marcial pode ser dividida em interna e externa, sendo que as externas abordamumaconsciência de autodefesa e de prevenção, e isso também é importante. Mas o Tai Chi Chuan é um trabalho feito de dentro para fora. Cria-se uma consciência de guerreiro interno, entre você e você mesmo, que é a luta mais importante.A partir disso,temos uma consciência de conduta, de comportamento, de autocontrole, de saber respeitar a si e o próximo e ter responsabilidade sobre o que se faz”, explica o ministrante Ruan Cabral.

Além das questões filosóficas, a prática de Tai Chi Chuan também é importante para o corpo e a mente. Universidades como Harvard, recentemente, criaram um departamento só para o estudo do Tai Chi Chuan, e a consideram como a melhor atividade física para ser praticada, como explica o ministrante Pedro Paulo.

“O Tai Chi Chuan trabalha a melhora da respiração, e isso traz, consequentemente, uma sensação de bem-estar muito maior, pois quando se começa a trabalhar com aspectos de postura e respiração, o indivíduo terá benefícios que teria praticando uma atividade física. O Tai Chi Chuan é considerado uma arte marcial que não tem impacto, e por isso ele pode ser praticado por pessoas de qualquer idade”, pontua Pedro.

As aulas de Tai Chi Chuan acontecerão sempre a partir das 17h, na área externa da Estação Cabo Branco. Os ministrantes recomendam que o visitante use roupas leves e confortáveis para a prática. Não é necessário realizar inscrição, basta chegar e participar.