Estação Cabo Branco - Ciência Cultura & Artes


Museu de Ciência

A Estação Cabo Branco possui um amplo Museu de Ciência onde o visitante pode aprender de forma interativa sobre robótica, astronomia e conceitos básicos de física e química, além de ter a oportunidade de observar os astros e estrelas de nosso Sistema Solar.

Planetário – Em formato de abóboda, o Planetário da Estação Cabo Branco permite a visualização de mais de 100.000 estrelas.  No equipamento inflável, o público encontra uma esfera celeste em todo o seu esplendor, em seu interior são projetadas estrelas, constelações, planetas, cometas, nebulosas, estrelas-cadentes, além do sol e da lua. Os visitantes podem ver ainda eclipses, as estações do ano e outros fenômenos astronômicos.

O equipamento funciona no primeiro pavimento da Torre Mirante e tem capacidade máxima de 15 pessoas por sessão, com duração de 22 minutos.  As exibições acontecem nas terças e quintas-feiras, com sessões às 9h30 e 14h30 (para instituições agendadas) e de terça a domingo com sessões às 10h30, 11h30, 15h e 16h, para o público em geral.

Antes da sessão no Planetário, o visitante assiste ao filme “Filhos do Sol”, que oferece um passeio pelo Sistema Planetário enfatizando a composição da atmosfera terrestre, a visão das estrelas e do Sol. Apresenta ainda as particularidades de cada planeta no tocante à dimensões e condições atmosféricas, além de outros astros que orbitam no espaço celeste de cada um.

Observações Planetárias – Através das lentes e telescópios do Laboratório de Astronomia da Estação Cabo Branco, o visitante tem a oportunidade de observar os astros e estrelas de nosso Sistema Solar.  As sessões só acontecem quando o tempo deve estar limpo, sem nuvens ou ameaça de chuva para que as observações possam acontecer.

Laboratório de Robótica – Localizado no Segundo Pavimento da Torre Mirante, o Laboratório de Robótica conta com cinco protótipos de robôs que utilizam diferentes tipos de sensores para se moverem, como sensor de som, luz e movimento. O Laboratório é aberto ao público e recebe também escolas agendadas. As visitas são monitoras e os alunos participam de uma oficina que envolve conteúdo teórico e prático, através de um kit de robótica onde montam seu próprio robô.

Caminho do Conhecimento – Localizado nos jardins da Estação Cabo Branco, possui 900 metros de comprimentos com 12 experimentos científicos. Nele o visitante ao mesmo tempo em que se diverte, aprende conceitos de física, química, matemática, biologia e ciências, podendo inclusive interagir com os inventos.

O Caminho do Conhecimento, a partir de março de 2016 terá sessão única às 16h e sessões lúdicas nos finais de semana, com a presença de um arte-educador realizando intervenções com o público no local.

Conheça os experimentos:

Poliedros de Platão  É composto por cinco peças sólidas: um tetraedro, um hexaedro, um octaedro, um dodecaedro e um icosaedro, medindo todos 1,5 metro. As peças foram confeccionadas em fibra de vidro estruturada e resina pigmentada. “Na natureza, esses objetos surgem nos cristais. Platão percebeu isso há muito tempo e notou, também, que tudo que existe na natureza é constituído por água, terra, fogo, ar e movimento”, explicou Kamilla Fernandes, chefe do setor de Monitoria.

Bicicleta na Corda Bamba – Constituída em aço-carbono com pêndulo de 50 quilos acoplado na parte inferior, a bicicleta está suspensa sobre um cabo de aço de 10 metros. Com essa bicicleta é possível se deslocar de uma ponta a outra da torre. Com isso, podem-se demonstrar as situações de equilíbrio mecânico e centro da massa.

Balanços Acoplados – Demonstram a ressonância e a oscilação pendular com frequência dependente do cumprimento do balanço.

Pêndulo da Coragem – Um experimento destinado à demonstração da conservação da energia mecânica. De lado da estrutura o experimentador posiciona o queixo e tem a sensação de que a esfera chegará até o seu rosto, sem que isso de fato aconteça.

Parabólicas Comunicantes – São utilizadas para demonstrar a convergência de ondas quando refletidas em uma superfície côncava em resina de poliéster e manta de fibra de vidro. Como um telefone sem fio, o experimentador fica de um lado da concha e dita algumas palavras; do outro, uma segunda pessoa escuta e retorna a mensagem.

A Flauta de Pan – É um experimento científico da série que emite o padrão das ondas sonoras absorvidas de acordo com o comprimento de um tubo de PVC rígido.

Giroscópio – É destinado à demonstração da composição tridimensional dos movimentos de rotação.

Pontes Romanas – Este experimento é uma verdadeira aula de arquitetura e engenharia juntas. Demonstra a distribuição dos blocos encaixados de modo a formar uma superfície côncava ou conexa e as situações de equilíbrio estático quando unidos.

Sistema de Roldanas – Possuem três tipos distintos de associações de roldanas, com limitadores de deslocamento vertical e acentos para o experimentador. Destina-se a comprovar quantas roldanas são necessárias à distribuição da massa corporal.

Xadrez Gigante – Neste experimento, os alunos simulam um jogo de xadrez em proporções gigantes, para exercitar o raciocínio lógico.

Esfera de uma Tonelada – Demonstra a minimização do atrito com a formação de uma lâmina d’água entre a superfície de uma esfera e a calota côncava correspondente.

Relógio do Sol – Experimento que possui ajustes radiais para latitude e estações do ano.